Outdoor Pop entrevista dona do site So Para Rockeiros

09-06-2011 00:23

                   Poisé galera,no meio de tanta noticia sobre o mundo do rock e metal,chegou a minha vez.

O site Outdoor Pop fez uma entrevista super descontraida comigo semana passada,e eu vou estar disponibilizando ela aqui pra vocês.

 

Outdoor Pop : http://outdoorpop.tumblr.com/

 

 


Pessoal

 

Nome: Pamela Fernandes

Idade: 16 anos

Escola: Uruguaiana

 

 

O tribos de hoje abordou a METALEIRA Panny Fernandes no recreio da escola Uruguaiana.

A entrevista foi super descontraída então só curte.

 

Começo

      OUTDOOR: Quando tu decidiu “vou virar metaleira”, teve influencias,aconteceu por um movimento de rebeldia ou foi por acaso?

      PANNY: Foi por influencia da minha família, então foi desde criança.

      OUTDOOR: A tua vida pré metal era muito diferente da filosofia de vida dos metaleiros ou headbanger originalmente chamados?

      PANNY: Não, foi sempre assim. Porque desde pequena a minha mãe e o meu pai curtiam metal, portanto desde criança eu comecei a ouvir.

OUTDOOR: Foi difícil se adaptar na escola? Os professores te tratavam da mesma forma que os demais colegas?

      PANNY: Os professores sim, mas os colegas não.

 

Sociedade

 

      OUTDOOR: A sociedade enxerga vocês como pessoas que não demonstram os sentimentos em atos. É uma realidade, ou vocês canalizam o emocional para expressar em algum lugar ou momento? 

      PANNY: Isso não depende do estilo depende da pessoa. Conforme o pensamento. Quando tu mostra os sentimentos, tu se torna frágil aos olhos dos outros e eles vêem isso como uma forma de te atingir.

OUTDOOR: Tu sofre muito com a censura de mentes conservadoras?E como é sair na rua e ver que alguém te olha dos pés a cabeça com critica e reprovação?

PANNY: Pra mim é normal porque criticas não me abalam.

OUTDOOR: A nossa cidade é pronta para receber tribos como a tua ou ainda há aqui muita indiferença, até mesmo o próprio preconceito?

      PANNY: A indiferença e o preconceito! Até por que não existem e muitas opções para onde agente ir, e aonde nós vamos, somos chingados entre outras coisas.

OUTDOOR: E tu acha que isso é devido a outras tribos que tem identidades próximas da tua, e que praticam a violência e uma certa agressividade, sendo assim as pessoas confundem as coisas?

      PANNY: Com certeza.

 

Geral

OUTDOOR: Qual o teu ponto de vista sobre outras tribos que são o oposto da tua? A exemplo dos coloridos?

      PANNY: Eu odeio modinha.

OUTDOOR: Uma pergunta mais indiscreta agora. Se tu te apaixonasse por uma pessoa, importaria se ela fosse da tua tribo ou não?

      PANNY: Sim, ela teria que ter a mesma forma de pensamento que eu para dar certo.

OUTDOOR: Qual é o poder da internet e outros meios de comunicação em relação a interação de membros do grupo?

      PANNY: É mais fácil de se expressar. Nós queremos encontrar pessoas que pensem e tenham atitudes como nós.

OUTDOOR: Aqui na cidade existem muitos adeptos e qual o ponto de encontro de vocês?

      PANNY: Alguns festivais de rock, tipo o CANHA ROCK que acontece uma vez por mês, e tem bastante gente como eu, mas não que se vistam e demonstrem o que escutam.

OUTDOOR: É fundamental ter coragem para aderir a um estilo de vida como o teu e encarar ela desta forma?

      PANNY: Com certeza por que tem muita gente que tem vergonha, então elas escondem o que elas realmente são e eu acho isso errado.

 

Panny o OUTDOOR agradece muito a tua presença aqui e quer desejar boa sorte, tem algum recado para mandar?

“ Só cada um ser o que quiser sem se importar com o que os outros vão pensar”

 

Essa foi a entrevista com a simpática Pamela Fernandes e dizer o quanto é importante a sua entrevista aqui, nosso intuito é sempre mostrar o que esta atrás da imagem da tribo e foi o que conseguimos. Sigam a Panny no twitter : @pannyfernandes1, e ela também tem um site: sopararockeiros.webnote.pt.

 

Tambem gostaríamos de agradecer e mandar um grande abraço para a linda Ana Maria e o parceria Thyago Soares que estavam presentes no momento da entrevista.

Voltar

Procurar no site

© 2011 Todos os direitos reservados.